Professores de Serra Talhada preparam parada de advertência para essa quinta-feira

27 março Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Em estado de greve desde sexta-feira, 22, professores da rede municipal de Serra Talhada pretendem fazer uma parada de advertência de 24 horas nessa quinta-feira, 28. A categoria reivindica reajuste de 6% para todos os profissionais da educação, incluindo auxiliares de serviços gerais e administrativos.

O prefeito Luciano Duque propôs reajuste de 2% para auxiliares de serviços gerais e administrativos e 4,17% para os professores. Insatisfeita com a proposição, a classe ofereceu uma contraproposta pedindo 6% para todos.

As manifestações dos professores contam com apoio do vereador Sinézio Rodrigues, que integra a base aliada do prefeito. No início desta semana, em entrevista a rádio Vila Bela FM, ele disse que os percentuais apresentados pelo gestor são vergonhosos.

Os projetos já foram enviados à Câmara de Vereadores e devem ser votados no dia 1ᵒ de abril. Muitos trabalhadores já se articulam para lotar o plenário e pedir que as propostas não sejam aprovadas.

0 comentários:

Recent Comments