Presidente do Instituto de Previdência Própria de Serra Talhada divulga rombo de R$ 750 mil por mês

18 janeiro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Se em Salgueiro a prefeitura precisa aportar mensalmente R$ 500 mil no fundo financeiro do Funpressal para pagar os aposentados, em Serra Talhada a situação é ainda pior. Segundo o presidente do Instituto de Previdência Própria de Serra Talhada (IPPST), Jânio Carvalho, o rombo previdenciário na maior cidade do Pajeú chega a R$ 750 mil por mês. A informação foi divulgada pelo site Farol de Notícias.

Em entrevista concedida à Vila Bela FM na última quarta-feira, 16, Jânio afirmou que tem se desdobrado ao longo dos últimos 15 anos para garantir o pagamento de cerca de mil aposentados e pensionistas da Prefeitura de Serra Talhada. “Há um rombo em torno de R$ 750 mil/mês, que o prefeito Luciano Duque faz o aporte. Esta é a realidade”, informou.

Apesar do déficit crescente na previdência, o presidente do IPPST assegura que os aposentados e pensionistas continuarão a receber os salários pelo empenho do Instituto e da prefeitura. (Por Alvinho Patriota)

0 comentários:

Recent Comments