Presidente da Compesa promete levar água da Adutora do Pajeú a Riacho do Meio

29 janeiro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


O ex-prefeito de São José do Egito, Evandro Valadares, acompanhado dos deputados Tadeu Alencar (federal) e Ângelo Ferreira (estadual), foram recebidos na tarde de ontem (28), pelo presidente da Compesa, Roberto Tavares, em seu gabinete, e garantiram o andamento de um antigo pleito dos moradores do distrito Riacho do Meio, que anseiam por um sistema de abastecimento de água. Os mais de três mil moradores dessa localidade desejam ter acesso a água encanada, a partir da Adutora do Pajeú, construída pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas-DNOCS, que passa por dentro do distrito, em São José do Egito. Na ocasião, Tavares assegurou junto com o governador Paulo Câmara e determinou a execução da obra, a Compesa já está desenvolvendo o projeto, que deverá ficar pronto em março.

Segundo o presidente da estatal, o pleito é justo, uma vez que a Adutora do Pajeú corta o distrito e eles não tem acesso a um sistema regular de distribuição de água. A obra deverá custar R$ 1 milhão e será realizada num prazo de quatro meses, a partir da assinatura da ordem de serviço. Para viabilizar a implantação do sistema de abastecimento de água para o distrito de Riacho do Meio, a Compesa precisará construir uma estação de tratamento de água, uma estação elevatória (sistema de bombeamento), um reservatório e implantar rede de distribuição.

0 comentários:

Recent Comments