Prefeitura de Tuparetama define novidades para o campeonato de futebol 2019

05 fevereiro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A Diretora de Esportes da Prefeitura de Tuparetama se reuniu nesta segunda e terça (04 e 05 de fevereiro), para definir os procedimentos que nortearão o campeonato municipal de futebol 2019. A abertura ocorrerá no dia 17 de fevereiro e a final em 11 de abril, dia em que se comemora a emancipação política do município. Ao todo serão 10 times que se enfrentarão durante os jogos no Estádio de Futebol Lucena Chalega.

Fato inédito na edição desse ano é a premiação no valor de 5 mil reais, onde o 1º lugar levará R$ 2.500, o 2º lugar R$ 1.500 e os 3º e 4º lugares levarão 500 reais cada. A gestão municipal vai presentear as equipes com padrão completo para os 17 jogadores de cada time.

Participaram dos encontros os representantes da Secretaria de Cultura e Esportes, Fernando Marques, Cassiano Feitoza e Marcos Antônio; o representante da Liga Desportiva, Marcelo Jerônimo (Marcelão); o representante de arbitragem, José Edson; representante das equipes, Luciano Cordeiro, e o representante do departamento jurídico da prefeitura, o advogado Diógenes Silva.

Parceria - Outra novidade nos jogos desse ano é a parceria entre prefeitura e a empresa de material esportivo Carreiros, de Patos-PB. A convite do Prefeito Sávio Torres, o gerente administrativo, Nilton Costa, esteve em Tuparetama e durante sua visita foi firmada a parceria. A Carreiros doará os troféus padronizados, placar, bolas, chuteiras e luvas.

Para o diretor de Esportes, Cassiano Feitoza, a parceria entre prefeitura e empresa privada surge como um fator novo para a realização do campeonato. “A gestão municipal vem reunindo esforços para tornar o nosso campeonato um dos maiores do Pajeú. A doação dos ternos para todas as equipes concorrentes e os valores das premiações é algo inédito.”, frisou.

Mudança nas regras – O conselho disciplinar se reuniu para definir novas regras para punições e deliberar sobre os atletas punidos nos campeonatos de 2017 e 2018. Outra regra estabelecida é a quantidade de atletas de fora que poderão fazer parte dos times. De acordo com Feitoza, as equipes poderão contar com no máximo cinco jogadores de outras localidades.



0 comentários:

Recent Comments