Expectativa pela soltura de Lula

19 dezembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A aposta no Judiciário é que o novo julgamento no Supremo sobre a prisão após segunda instância, marcado para 10 de abril, deve levá-los a definir que a pena começará a ser cumprida somente após o STJ analisar todos os recursos possíveis. A informação é de Andreza Matais, na coluna do Estadão desta quarta-feira.

Adianta que a medida nesse sentido pode colocar Lula em liberdade, uma vez que no STJ ninguém acredita que haja desfecho do caso dele até abril. São várias as possibilidades de recursos. E ainda beneficiaria José Dirceu, Eduardo Cunha e Sérgio Cabral.

Já Renan Calheiros enfrentou manifestações contrárias à candidatura à presidência do Senado. No domingo, militantes do PSL estiveram na porta da casa dele.

0 comentários:

Recent Comments