Policial: porte de arma branca em Afogados e Tabira e invasão a domicílio e ameaça em Carnaíba e Solidão

23 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Porte de arma branca em Afogados - A GT ordinária realizava Operação Carrossel de fogo, quando se deparou com um casal no meio da rua, aparentemente discutindo, fato que chamou a atenção do policiamento. Ao ser perguntado a esposa do imputado o que estava ocorrendo, ela respondeu que nada estava acontecendo, porém ao ser feita uma abordagem no imputado, o mesmo estava portado uma faca peixeira, que foi apreendida. Diante do fato ele foi conduzido à Delegacia de Polícia para os procedimentos legais cabíveis.

Porte de arma branca em Tabira - A GT foi solicitada por populares, os quais informaram que um homem de 27 anos encontrava-se no bairro Cohab, andando com uma faca peixeira na mão. O policiamento realizou rondas e localizou o acusado com a referida arma, uma faca de aproximadamente oito polegadas. Diante do exposto, o objeto foi apreendido e juntamente com o imputado foram apresentados a Delegacia de Polícia local para a adoção das medidas legais cabíveis.

Invasão a domicílio e ameaça de morte em Solidão - A GT foi solicitada pela central da 2ª CPM a comparecer na cidade de Solidão para atender a uma ocorrência de Perturbação de sossego e ameaça. O policiamento se dirigiu ao Centro da cidade, localizaram o acusado e ao abordá-lo, encontraram consigo uma faca peixeira, a mesma faca que o acusado utilizou para apavorar a população e invadir a residência da vítima, ameaçando-a de morte. Diante do exposto apreenderam o objeto, e juntamente com as partes, encaminharam-se à Delegacia de Polícia local para providências legais cabíveis.

Invasão a domicílio e ameaça em Carnaíba - A GT foi solicitada de ambas as vítimas, informando que o imputado tinha invadido a casa de seus pais e os ameaçado e que já havia se evadido do local da ocorrência. A GT realizou diligências e localizou o acusado, o policiamento retornou ao local da ocorrência, onde ele foi reconhecido pelas vítimas, e na ocasião, uma das vítimas relatou que tinha ido comprar um remédio e quando estava retornando para sua residência o imputado passou a acompanhá-lo dizendo que iria deixá-lo em casa, por não conhecer o imputado, recusou no primeiro momento, porém após insistência do mesmo aceitou a carona até a sua casa. Que ao entrar em sua residência, o acusado adentrou também sem a sua autorização e passou a ameaçá-lo dizendo que se o encontrasse novamente iria matá-lo. uma outra vítima conseguiu colocar o imputado para fora e fechou a porta, tendo ele forçado para entrar novamente, no entanto, não conseguiu e foi embora. Diante do fato as partes foram conduzidas à Delegacia de Polícia para serem tomadas as medidas cabíveis.

0 comentários:

Recent Comments