Médicos cubanos começam a deixar o Brasil

16 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A Embaixada de Cuba avisou, nesta quinta-feira (15), que os mais de 8 mil profissionais cubanos do Mais Médicos começarão a deixar o Brasil dentro de dez dias. A meta é que todos os integrantes estrangeiros do programa partam para seu país até o final do ano. 

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) foi informado sobre as datas das partidas em uma reunião com representantes da Embaixada e da Organização Panamericana de Saúde (Opas), responsável por intermediar o acordo. 

O governo cubano anunciou, na quarta-feira (14), o rompimento com o Mais Médicos após Bolsonaro fazer declarações que irritaram o país caribenho. Para manter a parceria com Cuba, Bolsonaro exige que os médicos cubanos sejam obrigados a revalidar seu diploma no Brasil, recebam salário integral e possam trazer a família. Hoje, 196 médicos já voltaram para Cuba.

0 comentários:

Recent Comments