Incêndio criminoso no bairro São Braz, em Afogados da Ingazeira

25 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Imagem ilustrativa

O efetivo da ROCAM foi acionado pela Central de Operações informando que na sede da 1ª CPM se encontrava a autora de um incêndio criminoso. 

A imputada M. E., 36 anos, assumiu ter jogado gasolina nas paredes da residência das vítimas e em seguida ateou fogo, alegando querer se vingar porque seu genitor havia sido condenado a uma pena de 06 anos de prisão por causas das vítimas. 

O policiamento foi até o local do fato, onde o proprietário da residência relatou ter visto o fogo que chegou a se alastrar e que sua filha (V., 41 anos) tinha seguido para a delegacia para prestar queixa. A imputada chegou a declarar que não estava arrependida e que deveria ter queimado tudo, inclusive quem estivesse dentro da casa, que a única coisa que não se conformava era de não ter conseguido consumar sua pretensão. V. informou que sua genitora reside na casa onde ocorreu à tentativa e que a mesma tem 69 anos de idade e sofre de hipertensão. 

As partes foram apresentadas na delegacia local adoção das medidas legais cabíveis.

0 comentários:

Recent Comments