Crimes eleitorais registrados em São José do Egito e Carnaíba

29 outubro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Em São José do Egito, efetivo recebeu uma denúncia que na Escola Oliveira Lima estava ocorrendo crime eleitoral. O policiamento fez deslocamento ao local do fato e detiveram o imputado A. A., 19 anos, por ter infringido o Artigo 320, Lei 4.737/65 do Código Eleitoral (Violar o sigilo do voto). O fato ocorreu na zona eleitoral nº 068ª, Seção 113, quando a 2ª mesária, flagrou o imputado filmando a urna eletrônica, no momento estava votando no candidato à presidência da república Fernando Haddad. O celular Motorola Moto G2, que pertence ao imputado, foi apreendido e estava com as fotos registradas comprovando assim a materialidade do crime eleitoral. O imputado foi conduzido à Delegacia de Polícia Local onde foi lavrado um termo circunstanciado de ocorrência em desfavor do mesmo.

A GT foi acionada pela Central do 23º BPM para se deslocar a Rua do Comércio, Centro, Ibitiranga, Carnaíba-PE, pois havia uma denúncia de prática de crime eleitoral. Testemunhas informaram que estavam trabalhando como mesários na seção eleitoral, quando um homem de 30 anos chegou para votar utilizando seu aparelho celular. O envolvido foi orientado sobre a proibição do uso do celular na cabine de votação, em seguida, ele exerceu seu direito de voto e se retirou. Logo após, o imputado postou nas redes sociais, uma filmagem do momento de seu voto. O policiamento localizou o acusado que confirmou o ato. A ocorrência foi repassada à DP para medidas legais que o caso requer.

0 comentários:

Recent Comments