TRE autoriza buscas por material com Lula candidato

28 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A desembargadora eleitoral Karina Albuquerque Aragão de Amorim autorizou nesta quinta-feira (27) diligências nas sedes dos diretórios estaduais do PT e do PSB para verificar se há materiais de campanha do governador Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição, usando o ex-presidente Lula (PT) ainda como candidato à presidência. As buscas devem acontecer também em comitês e locais de distribuição de materiais de campanha.

Caso sejam encontrados os materiais, eles devem ser recolhidos.

“A veiculação/ divulgação de Luis Inácio Lula da Silva como candidato a Presidente da República, cria na opinião pública estados passionais e emocionais, à medida que traz a falsa ideia de que ele ainda é candidato e, como tal, apoia os representados”, afirmou a magistrada na decisão.

O advogado Gustavo Bebianno, presidente do PSL, partido de Jair Bolsonaro, acionou o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) nessa quarta-feira (26) para pedir que fossem feitas as buscas. 

“A referida propaganda que vem sendo distribuída pelos Representados, por diversos bairros de Recife, traz a imagem do então ex-Presidente Lula como candidato a Presidente da República, descumprindo, portanto, decisão expressa exarada da Colenda Corte Superior Eleitoral, o que vem sendo reiterado em diversos outros julgados”, afirma o presidente do partido de Bolsonaro no documento.

O senador Armando Monteiro Neto (PTB), principal adversário de Paulo Câmara, também protocolou nesta quinta-feira (27) uma denúncia.

A candidatura de Lula foi impugnada, por maioria, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no dia 1º de setembro. O ex-presidente foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa por ter sido condenado em segunda instância, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. O petista está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) desde o dia 7 de abril. (Blog do Jamildo)

0 comentários:

Recent Comments