Projeto de estudantes do campus IFPE Afogados é premiado no Células Empreendedoras

06 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A edição de 2018 do Células Empreendedoras, programa de empreendedorismo desenvolvido durante um ano em seis institutos federais, premiou, na semana passada, cinco projetos inovadores de estudantes voltados a soluções de problemas sociais. Em segundo lugar ficou o projeto Sanlucionar, elaborado por Cícero Damasceno, Gabriel Nogueira, Paloma Nunes e Giovana Silvino, todos alunos do campus Afogados da Ingazeira, além dos estudantes Ricardo Pinheiro, do campus Olinda, Jéssica Thays, do campus Barreiros, e Rebeca Maria, do campus Cabo de Santo Agostinho.

Segundo Cícero, o projeto trata de multiplataforma que oferece serviços, consultorias e informações sobre práticas e métodos alternativos de saneamento, como aproveitamento de água de chuva e tratamento domiciliar simplificado de esgoto. "Nessa multiplataforma, o usuário encontrará informações sobre saneamento, podendo assim haver uma conscientização da população sobre o assunto; ele também terá acesso a alternativas sustentáveis, baratas e simplificadas de saneamento e os materiais necessários para implantação, juntamente com o manual de como fazer. Um exemplo é a utilização da planta moringa, típica no Nordeste brasileiro com alta resistência a solos secos e arenosos. O extrato de sementes de moringa pode ser utilizada como um agente floculante natural para o tratamento de esgoto", explica o estudante. Cícero cita ainda que o projeto conta com um sistema de simulação onde o usuário pode simular o sistema que ele quer implantar e o preço que vai custar, para que ele tenha noções de economia e saúde que a adequação proporcionará juntamente com nossa consultoria.

Juntamente com os outros quatro projetos selecionados no IFPE, o Sanlucionar será submetido a uma fase de pré-aceleração, nos meses de setembro e outubro, para que possa se transformar em start ups de alto impacto. Desta etapa, sairão os finalistas que serão avaliados diretamente por um grupo de investidores que poderão viabilizar os projetos.

PROGRAMA - O programa Células Empreendedoras é uma metodologia voltada à criação e ao desenvolvimento de ecossistemas de educação empreendedora em instituições de ensino, empresas e escolas. Por iniciativa do Ministério da Educação, o programa foi aplicado em Institutos Federais do país como forma de estimular a cultura do empreendedorismo entre estudantes e servidores. O Células se tornou referência na área ao conquistar diversos prêmios, como o de “Educação Transformadora”, concedido pela Rede Global de Empreendedorismo, e o de Educação Empreendedora, da Endeavor. Projetos desenvolvidos a partir do Células também já foram premiados pelo Santander Universidades, ImagineCUP, Brasil Criativo, Revistas Forbes, Desafio Brasil e BlackBerry Jam.

0 comentários:

Recent Comments