Polícia prende foragido que estuprou criança de 7 anos em Afogados

11 agosto Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Há 2 anos um crime chocava Afogados da Ingazeira e região. Naquela época veio a tona o estupro de uma criança de 7 anos (na época). O acusado, José Pedro Pereira, conhecido como “Dé Relojoeiro” conseguiu fugir. Os pais da criança informaram que ela teria saído para brincar na casa de Dé relojoeiro, 56 anos na época, que é casado com uma tia da criança. Que depois de algum tempo a criança voltou para casa com as partes genitais sangrando, que em seguida o acusado veio atrás dizendo para não baterem nela que a mesma teria menstruado, momento que a mãe da criança perguntou a ela o que teria ocorrido e na frente do mesmo ela apontou para ele como sendo responsável pela agressão, que na hora o acusado evadiu-se do local. A criança foi levada ao hospital onde foi constatado ter acontecido conjunção carnal. A mesma foi encaminhada ao Recife para fazer uma cirurgia. 

Após 2 anos, Dé foi preso em Murici, Alagoas, na manhã deste sábado (11). Policiais civis lotados na Delegacia de Polícia de Afogados com apoio do Malhas da Lei 23 BPM, coordenados pelo Delegado Ubiratan Rocha, deram cumprimento ao Mandado de Prisão. Esta prisão era uma questão de honra para as policias de Afogados.

Dé vendia relógios na feira pública de Murici. O mesmo ficará agora na cadeia de Afogados da Ingazeira.

0 comentários:

Recent Comments