Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (13/08/2018)

13 agosto Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Estrada começa depois que Zé Marcos passou para a oposição - O ex-deputado José Marcos (PR) passou três anos pedindo ao colega de partido, Sebastião Oliveira, para consertar a estrada que liga São José do Egito (PE) a Ouro Velho (PB). “Não há dinheiro”, era a resposta simples e direta do então secretário dos transportes. Quinta passada, sentindo-se desprestigiado pelo atual governo, o ex-deputado, que presidiu a Alepe na gestão de Jarbas Vasconcelos (MDB), anunciou apoio a Armando Monteiro (PTB). No dia seguinte, o DER garantiu que vai fazer o conserto da rodovia. (Inaldo Sampaio)

Ironias de colegas a Cármen: abra mão do seu aumento - As repetidas críticas da presidente do STF, Cármen Lúcia, à proposta de reajuste aprovada pela corte foram alvo de intenso debate entre ministros do Supremo no fim de semana. Um deles chegou a dizer a um grupo de amigos que ela deveria abrir mão do aumento de salário, caso ele seja aprovado pelo Congresso. Outro integrante do STF diz que o Congresso poderia provocar o Supremo a rever decisão do CNJ que desobrigou tribunais de Justiça estaduais de obterem aprovação de lei específica para replicar reajustes cedidos à cúpula do Judiciário. O meio adequado seria uma Ação Direta de Inconstitucionalidade.(Folha Painel)

Nova regra para o título de cidadão em Afogados - O vereador e presidente da Câmara de Afogados da Ingazeira, Igor Mariano mais o colega Daniel Valadares, querem endurecer regras para dar título de Cidadão Afogadense, evitando banalizar a entrega de comenda tão importante. Para ser cidadão Afogadense, o homenageado deve residir ou ter residido no mínimo 5 anos no município, ter conduta moral ilibada, não ser detentor de cargo público e ter prestado serviço de relevância para a sociedade de forma voluntária ou não. A proposição passa a ser assinada obrigatoriamente por no mínimo quatro vereadores. (Por Anchieta Santos)

0 comentários:

Recent Comments