Antes de morrer, homem queimado em Tabira revela quem cometeu o crime

16 agosto Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Da TV Jornal/ UOL - Um dos dois homens que deram entrada no Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife, após serem queimados, morreu, na madrugada desta quarta-feira (15). Iago Estevão da Silva, 19 anos, e José Carlos da Silva Santos, de 44 anos, foram encaminhados do município de Tabira, no Sertão pernambucano, para a unidade.

A informação inicial, segundo a polícia, era de que, na noite dessa segunda-feira (13), Iago teria recebido a ligação de um conhecido, marcando um encontro, e ido ao local junto com José Carlos. Ao chegar ao lugar, eles teriam sido surpreendidos por dois homens em uma moto, que jogaram gasolina e atearam fogo nos dois.

No entanto antes de morrer, José Carlos da Silva Santos contou para a família que Iago Estevão o levou ao local, dizendo que era para o encontro, e ao chegar lá, o jovem teria ateado fogo nele. Em chamas, José Carlos teria abraçado o suspeito, que acabou ficando com 40% do corpo queimado. 

Segundo a nora de José Carlos, a mãe dele informou que em Tabira já foi identificado o posto onde foi comprada a gasolina supostamente usada no crime, e que vídeos mostram essa aquisição, por parte de Iago.

Iago Estevão da Silva segue internado no Hospital da Restauração, e o caso está sendo investigado pela Delegacia de Tabira. José Carlos da Silva Santos foi enterrado na tarde desta quarta-feira (15), no município.

0 comentários:

Recent Comments