Pré-candidatura de Lula é lançada oficialmente pelo PT em Minas

09 junho Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Lideranças do PT dirigiram críticas ao mercado durante o evento de lançamento oficial da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ato foi ontem, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

“O mercado está assustado. Fizeram mil pesquisas, a Bolsa caiu e o dólar subiu porque eles descobriram que vão perder a eleição. Eles nem têm candidato”, disse o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ). O senador defendeu que 100% da Petrobras seja estatal.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse que Lula é o maior medo do mercado financeiro, mas que a eleição do ex-presidente representaria crescimento econômico, geração de empregos e lucro para as empresas.

O ato também serviu para declarar apoio à reeleição do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), e para apoiar o lançamento de uma candidatura da ex-presidente Dilma Rousseff ao Senado.

No evento, líderes petistas também afastaram a possibilidade de uma aliança com outros partidos de esquerda que não considerem a candidatura de Lula como única possibilidade. “Quem tiver alguma dúvida que tire seu cavalinho da chuva porque o PT vai ter candidato e o candidato é Lula”, disse o líder da minoria no Senado, Humberto Costa, ao falar que respeitava os demais presidenciáveis de esquerda.

No evento, foram distribuídas máscaras com o rosto de Lula. E foi divulgado manifesto em que o ex-presidente reafirmou que será candidato. “E assim vou me preparando, com fé em Deus e muita confiança, para o dia do reencontro com o querido povo brasileiro. E esse reencontro só não ocorrerá se a vida me faltar”.

As lideranças do partido reforçaram a intenção de registrar Lula na Justiça Eleitoral no dia 15 de agosto e mantiveram o discurso oficial de que não há “plano B” para a legenda. (Agência Estado)

0 comentários:

Recent Comments