Jovem morre vítima de leishmaniose visceral em São José do Egito

31 maio Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura de São José do Egito através da vigilância em saúde se entristece pela morte do Jovem Rafael de Deus que faleceu nesta quinta feira (31), vítima de leishmaniose visceral e se solidariza com a família neste momento de dor! O município de São José do Egito é uma área com um índice elevado de cães infectados pela doença e apesar dos esforços na realização dos testes e exames e posteriormente eliminação dos cães doentes, a doença ainda vitimiza muitas pessoas. 

É necessário ter ciência de que o cachorro é tão vítima quanto o humano que adoece e que quando o animal é picado pelo mosquito que está infectado este se torna reservatório da doença! Após o mosquito picar um cão doente e posteriormente picar um humano, o mesmo pode apresentar sinais e sintomas, como febre, crescimento do fígado e do baço, sangramentos, icterícia entre outros. 

A secretaria de saúde por meio da vigilância municipal vem realizando ações de busca e eliminação de cães doentes, e borrifação nas áreas dos casos positivos para assim eliminar o mosquito que possa estar circulando no local, para diminuir ao máximo o surgimento de novos casos! Todo ano é realizada a campanha através de testes rápidos e coleta de sangue dos cães suspeitos e através da confirmação do caso os cães são eutanasiados conforme protocolo do ministério da Saúde! Salientamos mais uma vez que a culpa não é do animal, pois o mesmo só adoece se for picado pelo mosquito infectado, e pedimos a todas as pessoas para que caso tenham algum animal que apresente algum sintoma da doença como crescimento das unhas, magreza extrema, perca de pelo e feridas no corpo, que comunique imediatamente a secretaria de saúde para que a vigilância possa proceder na investigação desse animal.

Nos colocamos a disposição para quaisquer esclarecimentos.

Secretaria de Saúde 
Vigilância Em Saúde 
Prefeitura SJE

0 comentários:

Recent Comments