Coluna O Linguarudo - Não Vou Mentir Para Agradar (15/05/2018)

15 maio Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Crítica em versos – Um poeta do Pajeú deu de presente ao deputado Álvaro Porto (PTB) uma música com críticas pesadas ao governo Paulo Câmara. Diz entre outras coisas que o PSB ajudou a tirar Dilma do cargo para Temer assumir, e agora, “no desespero”, está “atrás do PT”.

A hora é agora – Tadeu Alencar (PSB) considera um “equívoco” as esquerdas pouparem Bolsonaro (PSL) de críticas achando que ele é o melhor candidato para ser enfrentado no 2º turno. Diz que ele tem que começar a ser “desconstituído”, agora, por se tratar de um político “primitivo, sem qualificação, sem conteúdo, e sem compromisso com a democracia”. (Inaldo Sampaio)

Governo fala mal do próprio governo - Em um convite entregue a ministros e parlamentares, para comemorar 2 anos do governo Temer, hoje, a assessoria do Palácio do Planalto deu um tiro no próprio pé. O slogan "O Brasil voltou, 20 anos em 2" foi recebido com estranheza por alguns políticos mais atentos. A intenção do governo era dizer que o Brasil avançou 20 anos em 2 (uma referência ao slogan do governo do ex-presidente Juscelino Kubitschek: 50 anos em 5). No entanto, o cerimonial do presidente Michel Temer usou o verbo "voltar", o que sugere uma ideia de retrocesso. Sem contar o uso desnecessário da vírgula. O evento será hoje, à tarde. O Palácio do Planalto não quis comentar o equívoco.

Lula bate o pé: não abre mão de registrar a candidatura - E o PT encomendou pesquisa para avaliar a situação eleitoral de Lula depois do noticiário de que ele poderia desistir da candidatura para apoiar um “plano B” do PT. Da prisão, o ex-presidente afirmou que não abre mão de registrar seu nome para concorrer.

0 comentários:

Recent Comments