Prefeito de Belo Jardim, natural de Serra Talhada, é condenado por abuso de poder econômico

19 abril Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Supostos abusos de poder econômico levaram o juiz da 45ª Zona Eleitoral, Douglas José, a condenar o prefeito de Belo Jardim, Francisco Hélio de Melo Santos, conhecido como Hélio dos Terrenos, a ficar inelegível por oito anos contados a partir de 2016. Segundo a sentença, o gestor municipal natural de Serra Talhada teria cometido irregularidades em 2015, um ano antes das eleições municipais.

Hélio é acusado de fazer doações de alimentos, patrocinar carteiras de estudantes e torneio de futebol, além de se promover em redes sociais após fazer ações sociais. O prefeito negou que tenha feito as ações com objetivo de promoção pessoal. Ele tem o direito de recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE).

Em nota à imprensa, a assessoria de Hélio declarou que o mandato dele não foi cassado e que o processo é de 2014, anterior a candidatura e não tem relação com sua gestão atual.

(*) Fonte: Alvinho Patriota

Recent Comments