Policial: direção perigosa em Afogados, droga encontrada em pão na cadeia de Tabira e veículo adulterado em São José do Egito

17 abril Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Direção perigosa em Afogados - A GT local foi acionada pela Central do 23º BPM para se deslocar ao Centro da cidade para averiguar uma ocorrência de direção perigosa. Chegando ao local, flagrou o imputado conduzindo a motocicleta Honda NXR 160 Bros, cor preta, em alta velocidade e empinando, colocando em risco sua vida, a do garupa e a dos transeuntes. O imputado perdeu o controle do veículo ao passar por uma lombada mas nem um dos ocupantes sofreu lesão. O policiamento constatou que o mesmo não portava documentação do veículo, apenas sua CNH. A motocicleta foi recolhida ao 24º Ciretran, a CNH apreendida e os envolvidos apresentados a DP local para adoção das devidas providências.

Droga encontrada em pão na cadeia de Tabira - A GT foi solicitada pela guarda da Cadeia Pública local informando que havia encontrado 08 (oito) pedras de crack dentro de um pão que era destinado ao detento conhecido por “P.” e que teria sido entregue por um homem popularmente conhecido por “L” que se evadiu após a entrega, mas foi localizado pelo efetivo, confessando ter levado a janta para o detento a pedido do irmão, o envolvido. A guarnição localizou o irmão que negou a versão dada por “L”. Diante dos fatos, a ocorrência foi repassada a Delegacia de Plantão de Afogados da Ingazeira onde o imputado foi autuado em flagrante delito.

Veículo adulterado em São José do Egito - Após informação que o veículo Fiat Uno Vivace 1.0, ano 2012/13, cor prata, placa HNY 5454, era suspeito de ter origem ilícita (clone) e estava circulando pelas vias desta cidade. O policiamento realizou abordagem ao referido veículo, onde se observou possíveis sinais de alteração com características de remarcação de números no chassi. Diante de tal fato, o policiamento indagou o seu proprietário sobre a origem do veículo, tendo esse informado que o adquiriu por meio de “rolos” (troca), na cidade de Teixeira-PB, dizendo desconhecer a pessoa com quem realizou o negócio e por quanto comprara o carro. Diante do exposto, a ocorrência foi repassada à DP local para serem tomadas as medidas que o caso requer.