Edital de concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros da PB é divulgado

24 março Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Foi divulgado o edital do concurso da Polícia Militar da Paraíba e Corpo de Bombeiros Militar, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (23). São mil vagas oferecidas - 900 vagas oferecidas para a PM, sendo 850 para o sexo masculino e 50 vagas para o sexo feminino; e 100 vagas para bombeiros - 90 para sexo masculino e 10 para sexo feminino.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela Internet, no site IBFC, no período de 8h do dia 26 de março até as 23h59 do dia 9 de abril, observado o horário de Brasília. A taxa de inscrição pode ser paga até 10 de abril e custa R$ 70.

As provas previstas são de língua portuguesa, raciocínio lógico, geografia e história da Paraíba, língua estrangeira (inglês ou espanhol), noções básicas de informática e noções de direito e sociologia. A aplicação da prova objetiva está prevista para 29 de abril.


Durante o Curso de Formação de Soldados o candidato aprovado recebe bolsa equivalente a um salário mínimo, acrescida de auxílio alimentação. Após conclusão do curso, o salário base passa a ser R$ 3.202,60 (podendo ainda receber adicional por plantão extra remunerado até o valor de R$ 1.319,76), além de gratificações específicas decorrentes do exercício das funções.

As oportunidades são para cargos de soldado da qualificação de praças combatentes (QPC), da Polícia Militar, e soldado do quadro de praças bombeiro militar combatente. A distribuição das vagas entre os comandos regionais de João Pessoa, Campina Grande e Patos está discriminada no edital.

O processo será composto de cinco etapas: exame intelectual, de caráter eliminatório e classificatório, realizado pela banca organizadora IBFC; e exames psicológico, de saúde, de aptidão física e de avaliação social, todos com caráter eliminatório.

Conforme anunciado previamente pelo comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, o concurso público vai contar com a realização de exames toxicológicos. Ainda segundo o comandante, a intenção é de que os policiais aprovados no certame atuem, prioritariamente, em Campina Grande e cidades vizinhas. (G1 PB)