Pedras de crack são encontradas em marmitex na cadeia de Afogados

09 fevereiro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Imagem ilustrativa

A equipe da ROCAM foi acionada pela central da 23º BPM que a guarda da cadeia quando de serviço na unidade prisional, e ao realizar o procedimento padrão corriqueiro do estabelecimento, no intento de coibir a entrada de produtos ilícitos na unidade, ao realizar a abordagem e verificação nos produtos alimentícios que adentraram na unidade, se depararam com a imputada F. N., 19 anos, a qual trazia a unidade alimento para seu cônjuge, C. A. Detento, que se encontra na cela de Nº 02, e ao realizar a abordagem na marmita que a mesma trazia, onde foi encontrado dentro do recipiente, oito (08) pedras de uma substância conhecida popularmente como CRACK, misturada com o alimento e acondicionada em papeis alumínio. Ao indagar a imputada sobre sob o fato indagado à mesma sobre a posse desse entorpecente a imputada declarou que comprou na cidade de Tabira ao senhor que não conhece e era de sua propriedade a referida droga, e colocou na marmita para ser entregue ao seu cônjuge na unidade prisional. A ocorrência foi passada a disposição da Delegacia de Polícia local onde a imputada foi autuada em flagrante delito.