Coluna O Linguarudo - Não vou mentir para agradar (27/01/2018)

27 janeiro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Múltipla avaliou gestões Câmara e Temer - Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Múltipla com 600 questionários, em 65 dos 184 municípios pernambucanos, entre os dias 18 e 22 deste mês de janeiro, o governo Paulo Câmara tem avaliação ótima de 2,8%. Para 14,7%, a gestão é boa. 37,8% a consideram regular. A gestão é ruim para 15,2%, péssima para 25,3%. Não sabem ou não opinaram, 4,2%. Já o governo Temer tem apenas 0,2% que o consideram ótimo, 1,5% que o avaliam como bom, 8,8% que o consideram regular, 15,5% para os quais a gestão é ruim e 73,2% que avaliam o governo como péssimo. Dá até pra dizer que a avaliação negativa de Temer teve discreta queda. 0,8% não sabem ou não opinaram.

Ato falho do Presidente do PT em Serra Talhada – Durante entrevista a uma emissora de Rádio de Serra Talhada para divulgar o evento de hoje com a pré-candidata Marília Arraes na cidade, o Presidente do Partido dos Trabalhadores Junior Moraes cometeu um ato falho. Ainda desorientado com a condenação de Lula a 12 anos e um mês de prisão em regime fechado, Moraes preocupado em mostrar que Marília é diferente, afirmou: “Marília não tem o nome sujo”. (Rádio Vivo)

Deputado de Dinca que empregou funcionário “fantasma” na Câmara vai trocar PP pelo PSD - O deputado Fernando Monteiro (PP), que é votado em Tabira pelo ex-prefeito Dinca Brandino, e que ficou famoso por empregar um assessor a 2 mil km de distância de Pernambuco (em Minas Gerais) deverá trocar o PP pelo PSD do deputado federal e presidente estadual da legenda André de Paula. O parlamentar, que gosta de se gabar de sua amizade com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) e com o novo Ministro das Cidades, Alexandre Baldy. Monteiro ficou na quinta suplência na última eleição mas tem trabalhado muito para conquistar um mandato em 2018. (Por Anchieta Santos)

O comandante da candidatura petista é Luciano Duque – O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), é o maior defensor dentro do PT da candidatura de Marília Arraes à sucessão de Paulo Câmara. Ele andou com um pé fora do PT, mas depois voltou atrás. E assumiu de corpo e alma a candidatura da vereadora.

Jarbas na frente para o senado – Até agora, diz o instituto Múltipla (Arcoverde), Jarbas Vasconcelos (MDB) é favorito para ficar com um das duas vagas de senador nas próximas eleições com pouco mais de 20% das intenções de voto. A disputa pela 2ª vaga é que está indefinida. Mas, pela tradição de Pernambuco, o governador eleito geralmente arrasta consigo os dois senadores. A exceção que confirma a regra ocorreu em 1994: Arraes elegeu-se governador, mas arrastou apenas um senador: Roberto Freire (PPS). A outra vaga ficou com Carlos Wilson (PSDB).

Charge do Dia:

Recent Comments