Em Floresta, Marília Arraes diz que o povo não aceita sua imagem vinculada a de Paulo Câmara em 2018

20 outubro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Por Robério Sá/ Âncora do Sertão - A vereadora do Recife e pré-candidata ao Governo do Estado, Marília Arraes (PT), esteve visitando o município de Floresta, no Sertão de Pernambuco, onde voltou a destacar o alto índice de violência na gestão do Governador Paulo Câmara (PSB), na tarde desta quinta-feira, dia 19.

“Hoje, Pernambuco tem mais homicídios que o Estado Rio de Janeiro, que tem o dobro da nossa população e tem um contexto social complicado há muitos anos, que é a guerra do tráfico de drogas que não consegue ser resolvida. Em Pernambuco, se matou a mesma quantidade de pessoas que no Rio de Janeiro”, disse Marília Arraes.

Durante o encontro com lideranças políticas da cidade, a petista afirmou que a população não aceita uma aliança entre PT e PSB em Pernambuco. Marília Arraes voltou a repetir o discurso de oposição e confirmou que não vincula sua imagem política com a do governador Paulo Câmara, nas Eleições de 2018.

“As dificuldades de água aqui em Floresta é falta de gestão; liderança política para monitorar o que está acontecendo, então, falta trato com fatos que acontecem na cidade. A crise de gestão em Pernambuco vem depois da crise política que foi instaurada. Então, nós do Partido dos Trabalhadores (PT), temos responsabilidade e compromisso, além disso, o povo não admite mais esse tipo de aliança de Marília Arraes estar aqui falando tudo isso pra vocês e amanhã ou daqui a alguns meses estar em uma foto sorrindo com Paulo Câmara ou com qualquer outro que tivermos feito oposição. Eu, particularmente, se for pra fazer isso, prefiro sair da política, pois dediquei minha vida pra política como arma de transformação social, para estar usando desse tipo expediente”, disse Marília Arraes.

Recent Comments