Professora tabirense resgata biblioteca de escola afogadense

11 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Professora de geografia há mais de 27 anos, Maria José dos Santos decidiu trocar a sala de aula por outra tão especial quanto: a sala de leitura chamada BIBLIOTECA. É que a tabirense de 56 anos percebeu que sua paixão pela leitura não poderia ficar guardada para si, mas deveria alcançar os alunos e alunas da Escola de Referência em Ensino Médio Monsenhor Antônio de Pádua Santos, onde trabalha e concluiu o curso técnico de Biblioteconomia oferecido pela Secretaria de Educação através da EAD Pernambuco.

Ao concluir o curso, o tão sonhado e esperado convite aconteceu: a diretora da escola, por ver o empenho de Maria José e sua paixão pela área, entregou as chaves da biblioteca da escola aos cuidados da professora e agora técnica em biblioteconomia. “Era justamente o que eu queria. Esse curso ajudou a realizar meu sonho de trabalhar na biblioteca”, comemora. Oportunidade que a ex-aluna abraçou com paixão e dedicação. Tem dado vida ao espaço, que antes vivia fechado pela ausência de um profissional habilitado.

E mais, Maria José tem aplicado todo o conhecimento teórico obtido no curso. “Chegando aqui, comecei a colocar em prática o que eu tinha aprendido no curso. Vários projetos são desenvolvidos, a exemplo da Tertúlia, trabalhando com professores e alunos; também fizemos a restauração, classificação do acervo e fichamento dos livros. Além disso, também temos incentivado a leitura através do empréstimo de livros para os alunos e seus familiares”, relata.

O exemplo de Maria José também tem influenciado quem está ao seu redor. É o caso dos alunos que atuam como colaboradores na biblioteca e colegas de trabalho. “Incentivados pelo trabalho que já estão desenvolvendo neste espaço junto comigo, alguns alunos decidiram ingressar no curso de Biblioteconomia e tenho colegas professores que já estão no 2º módulo”, diz orgulhosa.

Por trabalhar em tempo integral, fazer o curso EAD exigia de Maria José um esforço maior, já que passava o dia inteiro na escola e estudava no período da noite. Mas o desejo de concretizar o sonho foi sempre o incentivo para superar todos os obstáculos. “Todo o meu desafio era conciliar o meu trabalho de professora durante o dia todo e ainda permanecer na escola à noite, para as aulas semanais e também para fazer as atividades online do curso. Para mim, era um desafio arrumar tempo para tudo isso”, lembra. Desafio concluído com sucesso. 

Para a tabirense, a proposta do curso técnico do EAD Pernambuco é uma grande oportunidade para todos que desejam se qualificar, especialmente para aqueles que vivem no Interior do Estado. “A nossa região é carente de escolas que ofereçam cursos técnicos, e os cursos do EAD asseguram a oportunidade das pessoas concretizarem seus sonhos e mudarem de vida profissionalmente sem sair do seu entorno, com um curso de qualidade, por meios acessíveis a qualquer um, ultrapassando as fronteiras”, elogia.