Homem acusado de ter ateado fogo em propriedade em São José do Egito

16 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A GT ordinária foi acionada pela permanência da 3ª CPM informando sobre um incêndio na zona rural. Chegando ao local, populares já haviam detido R. G. F. S., agricultor, o qual era acusado de pôr fogo na propriedade da vítima, vindo a queimar parte da certa e do pasto. A vítima informou que o imputado também havia ateado fogo na propriedade de seu vizinho na noite do dia anterior. O acusado ao ser questionado afirmou que pôs fogo para assar passarinho. Diante do exposto, as partes foram conduzidas a delegacia local para adoção das medidas legais cabíveis.