Depois da retomada das aulas, Sávio Torres pede a oposição que baixe a temperatura política em Tuparetama

06 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Na noite da 2ª feira dia 04, a Câmara de Tuparetama, votou e aprovou a suplementação para o transporte escolar, combustível e folha de pagamento da área da educação. Sem transporte escolar os alunos da rede municipal ficaram sem aulas da quinta dia 31 de agosto a segunda feira dia 04 de setembro. Ontem o Prefeito Sávio Torres em entrevista à Rádio Cidade FM anunciou a retomada das aulas e que aguardava o Decreto Legislativo para pagar aos professores. Sávio não quis polemizar com o Presidente Danilo Augusto e a Câmara pela rejeição da Dotação solicitada anteriormente de R$ 7 milhões. “Não era um cheque em branco. Era apenas uma dotação para ir saudando os compromissos. A rejeição foi apenas um ato político dos vereadores da oposição”. Questionado se o povo de Tuparetama entendeu a atitude da gestão que brigou até na Justiça para fazer festa e agora ficou sem dinheiro para pagar aos professores? – Sávio disse que naquela ocasião apenas provou que tinha a dotação para o Tupã Folia num evento que custou apenas R$ 80 mil reais. Torres defendeu sua gestão, disse que até julho pagou sempre a folha dentro do mês e já adiantou 50% do 13º salário dos professores. A respeito do processo do Fumpretu onde Sávio foi absolvido pelo TSE, o Prefeito lembrou que sempre dizia que se houvesse justiça, não havia perigo de ser cassado. "Eu encontrei R$ 238 mil na Previdência e sai deixando quase R$ 1 milhão de reais” e continuou: “Neste programa (Cidade Alerta) foi dito que no dia da decisão seria um dia de fogos pra uns e muito remédio de calmante para outros, nós ficamos com os fogos, pagos pelo próprio povo”. Questionado sobre o bloqueio de bens do ex-prefeito Deva Pessoa que usava como slogan: Governo de mãos Limpas, o prefeito de Tuparetama afirmou que cada um responda por si, mas se fosse ao contrário, eles passariam uma hora lhe atacando. Sobre obras o Prefeito citou como conquistas, recuperação de praças, portais da cidade, prefeitura, estradas, vários prédios públicos, e muitas obras licitadas construção como construção de casas, calçamentos e outras ações. Destacou melhoria na saúde com a retomada de cirurgias e médicos diariamente. Nos próximos dias a Prefeitura de Tuparetama inaugura o Posto de Saúde da Barriguda. O Prefeito admitiu que a Folha de pessoal está infringindo a Lei de Responsabilidade Fiscal pois está pertinho de 60%, sendo 70% gastos com a Educação. Sávio prometeu medidas urgentes para reduzir a folha. Depois de alfinetar o ex-vereador Joel Gomes comparando-o a um Rádio de Pilha, pois ficou falando sozinho depois que ficou fora das eleições, Sávio Torres pediu que a oposição baixe a temperatura política e desça do palanque. Quando chegar a hora da campanha, aí cada um faz a sua, completou o Prefeito. (Por Anchieta Santos)