Cantor sertanejo é preso acusado de contrabando de cigarros

20 setembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


O cantor sertanejo Rafael, da dupla Fábio e Rafael, foi preso na manhã desta quarta-feira (20) pela Polícia Civil em uma operação contra falsificação de cigarros. Ele foi detido em um prédio de luxo em Londrina, no norte do Paraná. 

Ao todo, 35 mandados judiciais estão sendo cumpridos em cidades do Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Do total de ordens judiciais, 16 são de prisão e 19 são de busca e apreensão. A ação foi batizada de “Operação Sem Filtro”. 

A Polícia Civil pediu o sequestro de R$ R$ 6,5 milhões dos bens do suspeito de chefiar a quadrilha e de 19 veículos utilizados pela organização criminosa, entre eles um ônibus que era utilizado pela dupla sertaneja. A Justiça determinou o bloqueio de seis contas bancárias, sendo duas delas pertencentes a empresas, ainda de acordo com a Polícia Civil. 

Entre os locais onde estão sendo cumpridos os mandados de busca e apreensão estão duas fábricas de cigarro, gráficas, residência dos investigados e uma empresa utilizada para lavagem de dinheiro. Os crimes investigados na operação são organização criminosa, lavagem de dinheiro e crimes contra a saúde pública. (Hora 1)