O empreendimento x relação de valores

30 agosto Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Por Tarcízio Leite - No mundo capitalista, a verdadeira intenção de se colocar um negócio é sempre visto como oportunidade de lucro.

Lógico, ninguém estaria disposto a colocar um empreendimento que não gerasse retorno positivo.

Porém é necessário analisar o que consideramos lucro, de que forma estamos gerando este lucro e qual a sua finalidade.

Lucro não é apenas uma equação onde estão previstas: Receitas, menos custo, menos despesas.

Nesta equação poderemos agregar outros valores, e dentre estes valores, não devemos considerar apenas valores financeiros.

Quando agregamos valores considerados éticos, morais, humanitários, podemos transformar este lucro em resultados sociais, onde não só distribuímos, mais temos a possibilidade de multiplicar os nossos resultados.

Para isto é necessário observar que o meu empreendimento é capaz, não apenas de gerar lucro, mas de transformar a minha vida e a vida das pessoas envolvidas na atividade que resolvi desenvolver.

É preciso saber que dentre estas pessoas estão: minha família, meus colaboradores, meus fornecedores e os consumidores e que todas estas pessoas fazem parte do contexto social.

Dentro destes princípios, nasce o empreendedor, aquela pessoa que faz o que gosta, o eterno farejador de oportunidades, aquele que cria e estar sempre disposto a vencer desafios, o que o diferencia do empresário, que é aquele capaz de continuar e perpetuar uma empresa, que está sempre agarrado ao seu negócio.

Mas empreendedores e empresários, sempre se completam, pois empreendedores normalmente estão ligados à área comercial e o empresário a área administrativo-financeira.

Porém não devemos esquecer que, um dos fatores que pode tornar uma empresa, um empreendimento de sucesso, pode estar ligado aos seus objetivos específicos, quando estes são a busca da melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento econômico e social.

Dentro destes princípios, o lucro pode ser uma consequência em virtude dos benefícios e das oportunidades geradas pelo empreendimento.

O que pode proporciona um sentido diferente para o lucro, porém não perde a sua essência no que diz respeito a agregação de valores.