No dia do centenário poeta Zé Catôta ganha monumento em sua homenagem na capital da poesia

05 agosto Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Dando continuidade ao projeto de divulgação da cultura poética local, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte de São José do Egito está incentivando a colocação de totens em vários lugares da cidade.

O primeiro foi colocado por uma empresa local, no Beco de Laura, na semana da festa universitária, contando um pouco da história de quem deu origem ao lugar.

Aproveitando a data em que, se estivesse vivo, o poeta Zé Catôta completaria 100 anos, a Secretaria de Cultura, instalou um monumento em frente à casa onde ele morou por muitos anos, na Rua João Pessoa, próximo ao Centro Histórico da cidade.

O monumento conta com uma estrutura triangular iluminada, de um lado tem um pouco da história com a imagem do poeta, num segundo lado poesias do artista e num terceiro lado, a propaganda de quem patrocinou a instalação.

José Lopes Neto, pertenceu a última geração de grandes cantadores repentistas de São José do Egito. Mesmo só tendo o nível primário de escolaridade, Zé Catôta participou de muitos festivais em todo país.

Ele ficou conhecido como a metralhadora do repente, por fazer versos numa rapidez que até hoje não tem explicação. Catôta participou de programas de TV no Brasil, como o Fantástico da Globo e até de outros país, como França e Holanda.