Morte a esclarecer em Ingazeira

01 agosto Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A guarnição ordinária foi informada de que a vítima Danilo José de Veras, 28 anos, estava sendo socorrida, devido envolvimento em uma briga. A vítima deu entrada na Casa de Saúde José Evóide de Moura, em Afogados da Ingazeira, já sem vida. Segundo relato de um familiar dos irmãos, o suspeito Makson Kaíque Veras Marques, 23 anos, o procurou no domingo, 30.07.2017, por volta das 20h00, para contar que tinha dado uma “pisa” na vítima, pelo motivo de um débito de R$ 19,00 (dezenove reais) referente à compra de uma cartela de bingo, que acontecera durante a tarde no Distrito de Santa Rosa; e que por volta das 05h00 da manhã de ontem a testemunha foi procurada por vizinhos dizendo que a vítima havia passado a noite pedindo “socorro”, mas que nem o pai nem a irmã tinham prestado o socorro, mesmo a vítima residindo por trás da casa do pai; em seguida tomou conhecimento de que a vítima estava sendo socorrida por dois conhecidos. Diante das informações o policiamento iniciou diligências no intuito de localizar o suspeito, sendo encontrado naquela unidade de saúde, onde foi detido e encaminhado à DPC de Afogados da Ingazeira, onde será aberta portaria, para instauração um Inquérito Policial a fim de averiguar os fatos.

A Polícia investiga se ele foi vítima de homicídio, já que testemunhas relatam que ele teria sido agredido por seu próprio irmão, Makson Kaíque Veras Marques, 23 anos. Familiares negam.