Câmara de Tuparetama vota hoje Projeto de suplementação, na 3ª feira até a polícia foi chamada para acalmar os ânimos

11 agosto Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A Câmara de vereadores de Tuparetama se reuniu em caráter extraordinária na quarta-feira (09) para analisar e votar o projeto de Suplementação e Remanejamento de Dotações oriundo do poder executivo no valor de aproximadamente 7 milhões de reais que corresponde a quase 20% do orçamento. O plenário Felipe de Souza Leite e a rua em frente ao prédio da Câmara ficaram lotados pela população presente.

Há uma tentativa intensa por parte do poder executivo em ampliar o uso de recursos públicos para ser gasto em serviços da saúde, educação, ação social e outros serviços que a população é carente, para isso depende dos vereadores votarem a favor pra que isso funcione. De forma bem clara, está se pedindo a Câmara a liberação de recursos por exemplo pra que não falte nunca medicação no hospital pros doentes, que nunca falte ou diminua a merenda na mesinha dos alunos das escolas municipais. E pasmem... houve vereador que chegou a dizer que não ia votar porque pessoalmente não simpatizava com o atual prefeito, surge a pergunta: quem você representa vereador? você mesmo ou a soma de votos de pessoas que votaram em você? Não bastasse essa afirmação infame, o presidente da Casa Legislativa afirmou que o "ex gestor não tinha obrigação de facilitar a vida de ninguém", se referindo a retirada do artigo por parte do ex prefeito a qual assegurava todos esses recursos anualmente! É isso mesmo que vocês estão lendo! Antes de entregar o governo, o ex gestor junto com sua bancada de vereadores removeu a lei que garantia todos esses recursos para a população.