Social Icons

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Programa de TV do PSB pede renúncia de Temer

Em programa partidário que foi ao ar na noite desta quinta-feira (22), o PSB diz que a sigla "tem lado" e pede a renúncia de Michel Temer. Embora a cúpula da legenda tenha rompido com o governo, o Ministério de Minas e Energia ainda segue nas mãos de Fernando Coelho Filho, um dos líderes da ala governista do partido.

Nos 10 minutos de propaganda, o PSB prega a realização de eleições diretas para presidente da República "para impedir que interferências do poder econômico continuem valendo mais que a vontade da população". "Defendemos a renúncia do presidente Michel Temer, que perdeu as condições éticas para liderar o País", diz a apresentadora.

Coube à senadora Lídice da Mata reiterar que a sigla é contra as reformas da Previdência e trabalhista. "As reformas trabalhista e previdenciária do governo Temer tiram direitos históricos dos trabalhadores e pioram ainda mais as condições de vida e trabalho da mulher", diz. 

O PSB vive um impasse interno. Embora a direção da legenda tenha aprovado o voto contrário às reformas, metade da bancada na Câmara vem se posicionando à favor das matérias de interesse do governo. (Estadão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário