Sávio Torres falou na Rádio Tupã sobre as absolvições conseguidas TRF

21 março Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


O prefeito Sávio Torres falou em entrevista à Rádio Tupã do sábado 18 de março de 2017 sobre a absolvição nos 2 processos que corriam no Tribunal Regional Federal. Entre outros assuntos que o prefeito abordou estão a revisão da rede elétrica do bairro São João e o conserto da antena transmissora de sinal de Televisão aberta.

Ao falar sobre a vitória judicial conseguida no TRF o prefeito disse o seguinte: “Estes 02 processos que sonharam (a oposição) muito em me ver preso e o sonho virou pesadelo”.

Os processos são referentes aos convênios do prefeito Sávio Torres com o ministério do Turismo para realização de atividades festivas no município de Tuparetama.

Ao falar sobre a revisão da rede elétrica do bairro São João o prefeito lembrou que vai deixar o bairro todo bem iluminado, do início ao fim. Ao falar sobre o conserto da antena transmissora do sinal de televisão aberta o prefeito disse que já contratou uma empresa. “Nos próximos dias a antena estará transmitindo o sinal da Rede Globo e da Record”, afirmou o prefeito.

Tribunal Regional Federal da 5º Região absolve o prefeito Sávio Torres das festas promovidas através de convênios com o ministério do Turismo

A 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região absolveu o prefeito Sávio Torres em 02 processos penais movidos pelo Ministério Público Federal. Os processos são referentes aos convênios do prefeito Sávio Torres com o ministério do Turismo para realização de atividades festivas no município de Tuparetama.

O relator do processo, desembargador Cid Marconi, absolveu sumariamente Sávio Torres e os empresários contratados. A decisão do desembargador foi sobre as apelações ACR14453-PE e ACR14322-PE decorrentes dos processos nsº 00004455020144058310 e 00004472020144058310 da 18º e 38º Varas Federais de Pernambuco, Subseção de Serra Talhada que condenavam o prefeito e os empresários.

O voto do desembargador Cid Marconi mostrou que tudo ocorreu de acordo com a lei. Ainda segundo o voto do desembargador os eventos festivos efetivamente ocorreram e os valores estipulados no convênio foram todos rigorosamente obedecidos sem causar nenhum dano ao poder público.

O prefeito Sávio Torres ressalta que sempre esteve tranquilo sobre os processos, pois nunca cometeu nenhum crime. "Não adianta a oposição comemorar vitória judicial de véspera. Ganhamos estes processos e vamos ganhar todos", afirmou Sávio Torres.
Caso o Ministério Público Federal ainda queira recorrer, a decisão cabe recurso. (ASCOM)