Professores de Pernambuco decretam greve por tempo indeterminado

15 março Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Professores da rede estadual de Pernambuco e de cinco municípios decretaram greve por tempo indeterminado em assembleia nesta quarta-feira (15), realizada no Recife. A decisão integra uma série de manifestações contra a reforma da Previdência. Os docentes fizeram uma caminhada pela região central do Recife junto a outras categorias, também contra a proposta do governo federal.

De acordo com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), uma das organizadoras do protesto pelas ruas do Recife, cerca de 40 mil pessoas participaram do ato. A Polícia Militar não divulgou números. A manifestação, iniciada às 9h, foi encerrada por volta das 13h, na Avenida Dantas Barreto, centro do Recife.

A assembleia aconteceu na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista, área central da capital, e contou com a participação de professores do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe), Sindicato dos Professores do Estado de Pernambuco (Sinpro), Sindicato dos Professores do Recife (Simpere), Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Jabotão dos Guararapes (Sinproja), Sindicato dos professores do Cabo de Santo Agostinho (SINPC), Sindicato dos Professores em Educação do Moreno (Sinpremo) e Sindicato de Professores da Rede Municipal de Olinda (Sinpmol). (Fonte: G1/ Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)