Aos gritos de “fora Temer”, Afogados teve ato contra Reforma da Previdência

15 março Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A “Parada Nacional” contra a Reforma da Previdência que acontece nesta quarta-feira (15), em todo o Brasil, teve em Afogados da Ingazeira o seu ato. Aos gritos de “fora Temer” e “não a Reforma da Previdência”, a população de Afogados aderiu chamado, levando placas e faixas onde se liam frases contra a Reforma e contra a desvalorização dos professores e da Escola Pública. Em uma das faixas se lia: “Não quero que meus alunos troquem minha fralda na sala de aula, quero o direito de me aposentar com dignidade”.

Puxados por entidades sindicais, movimentos sociais, estudantes e políticos do município, o ato teve seu início um pouco depois das 09h. Uma passeata saiu de frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Afogados da Ingazeira, passando pela Avenida Rio Branco, Antônio Rafael de Freitas, Avenida Manoel Borba e teve seu encerramento na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara em frente a Catedral, onde lideranças sindicais, professores e políticos fizeram uso da fala, para esclarecer a população sobre os prejuízos para os trabalhadores, se caso a Reforma seja aprovada no Congresso Nacional.

(*) Fonte: Rádio Pajeú/ texto e fotos: André Luis