São José do Egito: Desordem, ameaça e desacato

21 novembro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


A GT ordinária foi solicitada pela vítima, a qual informou que C. R., 33 anos, começou a bagunçar no seu estabelecimento comercial, sendo colocado para fora do clube, passando a ameaçar dizendo que iria pegar a vítima. O acusado resistiu após receber voz de prisão, bem como desacatou o policiamento, mandando que retirasse as algemas para trocar tapas com os policiais. Que foi necessário o uso da algema devido o acusado se encontrar muito alterado e ter resistido à prisão. A ocorrência foi encaminhada a Delegacia de Polícia local, para serem tomadas as medidas cabíveis.