Social Icons

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Prefeitura de São José do Egito emite nota sobre matéria do blog, confira

Em resposta à matéria publicada neste conceituado blog (Prefeitos de São José do Egito, Tuparetama e mais 3 cidades do Pajeú na mira do MPPE por transição turbulenta), tendo como base texto do JC, é importante informar:

- Não entendemos como o MPPE citou São José do Egito nesta lista, pois, ao que todos sabem - foi amplamente divulgado em rádios e blogs da Região - o atual governo, desde os primeiros dias após as eleições, e através do próprio prefeito Romério Guimarães, expressou a disponibilidade de se fazer uma transição concreta e transparente. Mesmo antes da coligação vencedora se manifestar sobre o passo-a-passo do repasse de informações, este governo deixou claro, publicamente, que atenderia às demandas solicitadas.

- Os blogs do Pajeú noticiaram, inclusive, a entrega formal de sala na sede da Prefeitura, onde membros da equipe de transição do próximo gestor receberam além da infraestrutura necessária as chaves do recinto. Para precisar a data da efetivação da transição, informamos que foi dia 31 de outubro, entretanto, no dia 21 daquele mês já havia acontecido outra reunião.

- Os membros da equipe de transição do prefeito eleito estão tendo acesso a todos os setores da prefeitura e sendo recebidos da forma mais cordial possível;

- Em relação ao termo “Terra Arrasada” contestamos, veementemente, o seu emprego em relação à nossa gestão. As atividades na prefeitura estão ocorrendo em sua normalidade. Aqui não há desmonte. Não haverá herança maldita. Aqui acontece exatamente o contrário, e podemos provar: Estamos renovamento o Hospital Maria Rafael de Siqueira e postos de saúde com equipamentos de ponta para exames, além da compra de móveis e artigos de informática. Semana passada chegaram 4 carros 0 Km. Esses investimentos, mesmo no final de mandato, chegam a quase 1 milhão de reais. O blog Mais Pajeú, e vários outros, noticiaram;

- Entretanto, há 4 anos, podemos afirmar categoricamente que a situação foi de desrespeito ao povo e aos que iam iniciar o trabalho nesta atual gestão. Não houve transição. Não tivemos nenhuma infraestrutura para nos auxiliar. Praticamente não tivemos repasses de informações. Não tivemos sequer a cortesia da entrega oficial das chaves do Poder Executivo. A situação que o município se encontrava realmente era de descaso;

- Temos convicção que São José do Egito foi citado nesta lista por algum eventual erro e estamos disponíveis para mostrar que aqui o trabalho continua com a mesma determinação do nosso primeiro dia.

São José do Egito – PE, 22 de novembro de 2016.
Prefeitura Municipal de São José do Egito

Nenhum comentário:

Postar um comentário