Social Icons

terça-feira, 22 de novembro de 2016

MP diz em nota que recebeu resposta da Câmara de Tabira e analisa legalidade do aumento de salário dos vereadores

O Movimento Fiscaliza Tabira pode até não seguir em frente, mais se depender do Ministério Publico a missão será cumprida. Depois da notícia divulgada pelo Rádio Vivo e repercutida nos Blogs da região, onde uma integrante do movimento disse que o abaixo assinado enviado ao MP, não tinha recebido resposta da Câmara de Vereadores, a Promotora Dra. Manoela Poliana Eleutério de Souza, publicou uma nota declarando que o pedido de informações dirigido a Câmara de Vereadores de Tabira que trata das sessões que aprovaram o reajuste dos subsídios dos vereadores para a próxima legislatura foi tempestivamente respondido e está sendo objeto de análise acerca da legalidade por parte da Promotoria. Outrossim, necessário esclarecer igualmente que o procedimento instaurado junto a Promotoria seguirá o seu curso independentemente de nova provocação, concluiu. (Por Anchieta Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário