Social Icons

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Mandante da morte do promotor de Itaíba é condenado a 50 anos de prisão

Dois dos três réus julgados por participação no assassinato do promotor de Itaíba, Thiago Faria Soares, ocorrido em outubro de 2013, foram condenados nesta sexta-feira (28). O veredicto foi conhecido na madrugada desta sexta-feira, por volta das 4h30, na sede da Justiça Federal, no bairro do Jiquiá, Zona Oeste do Recife. José Maria Pedro Rosendo Barbosa, acusado de ser o mandante do crime, foi condenado a 50 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado pelo homicídio doloso do promotor e pelas duas tentativas de homicído contra Mysheva Martins, noiva de Thiago, e Adautivo Martins, tio dela.

José Marisvaldo Vitor da Silva, acusado de ter seguido e indicado aos executores a localização do promotor na manhã do crime, foi condenado a 40 anos e 8 meses de prisão pelos mesmos crimes. Como já cumpriram parte da pena preventivamente, José Maria Rosendo terá a cumprir ainda 49 anos e 4 meses, enquanto Marisvaldo deverá ficar 38 anos, 8 meses e um dia atrás das grades. O terceiro réu, Adeildo Ferreira dos Santos, que segundo o inquérito seria um dos três executores do crime, foi absolvido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário