Em Ingazeira, candidato a vereador mudou de lado duas vezes no dia da eleição. Tabira também teve pulo histórico

08 outubro Grupo Roma Conteúdos 0 Comentários


Político pular de palanque de uma eleição para outra deixou de ser novidade. Agora pular de palanque no dia da eleição e desmanchar o pulo retornando ao ponto inicial, só na disputa de 2016. O caso aconteceu em Ingazeira. Ás 15h30 do domingo 2 de outubro, ao ver um arrastão dos aliados do petebista Mário Viana Filho, que cantavam vitória antes da hora, um candidato a vereador do lado governista, foi em casa, se vestiu de azul e correu pra folia. Resultado oficializado, o azul derrotado, e de fininho o político pula-pula, já apareceu todo amarelinho e saltitante, festejando a vitória do prefeito Lino Morais (PSB). Em Tabira o pulo histórico foi de um advogado, que abandonou o palanque de Nicinha de Dinca(PMDB), discursou em eventos do Prefeito Sebastião Dias(PTB), e ao apagar das luzes da campanha estava de volta. Como se nada tives se acontecido, subiu no palanque de Nicinha, usou da palavra e rasgou o verbo contra o prefeito Poeta. Coisas da política do Pajeú. (Por Anchieta Santos)