Social Icons

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Egipciense e tabirense tornam-se candidatos a Patrimônio Vivo de Pernambuco

O Movimento PMC, através do seu articulador, Felipe Júnior, apresentou proposta à Gerência de Patrimônio Cultural - FUNDARPE para inclusão de Dedé Monteiro (Tabira-PE) e Arlindo Lopes (São José do Egito-PE) como Patrimônio Vivo de Pernambuco. O edital foi aberto no mês de setembro e encerrou-se na quarta-feira, dia 19 de outubro de 2016. Com uma justificativa palpável e condizente com o valor cultural dos candidatos, o Movimento PMC se sente confiante do devido reconhecimento a esses dois grandes artistas do Pajeú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário