Social Icons

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Conheça o "Shaolin do Sertão"

Menos de uma semana depois de uma estreia restrita a sete municípios do Ceará, "O Shaolin do Sertão" prova sua força com números recordes. A comédia que conta a história do padeiro aficionado por artes marciais abocanhou o décimo lugar da lista dos dez filmes mais vistos do país, competindo com nomes como Tom Hanks (1º), Tim Burton (2º), a youtuber Kéfera (3º), a global Samantha Schmütz (5º) e Renée Zellweger (9º).

Segundo a consultoria ComScore, que mede oficialmente os dados do setor, "O Shaolin do Sertão" levou 41.972 pessoas às salas de cinema de quinta-feira (13), a domingo (16), abrindo em primeiro lugar em 18 dos 19 cinemas cearenses em que está em cartaz, a melhor média de público do final de semana. Com o resultado, a história do pacato cearense que enfrenta um valentão se repete na vida real. A estreia nacional aconteceu na quinta-feira (20).

Na estreia restrita, o novo filme do diretor Halder Gomes fez o dobro de ingressos vendidos de "Cine Holliúdi", que também teve uma boa recepção em 2012. No elenco, nomes como o cantor brega Falcão, o "Trapalhão" Dedé Santana, Marcos Veras, Fafy Siqueira e a youtuber cearense Camilla Uckers.

A comédia se passa no município cearense de Quixadá, em 1982. O padeiro Liduíno é um aficionado por filmes de artes marciais e vive em um mundo de fantasia. Com mentalidade quase inocente, ele acredita ser um monge Shaolin e se comporta como tal, motivo suficiente para ser considerado a chacota da cidade. 

A vida pacata do protagonista fica tumultuada depois que o lutador de vale-tudo, Tony Tora Pleura anuncia um tour de desafios por cidades do interior do Ceará, incluindo Quixadá. É quando Aluízio recebe a missão de defender a honra de sua região e decide enfrentar o valentão no confronto. Ele parte em busca de treinamento e vê mais perto a chance de realizar o sonho de se tornar um verdadeiro mestre kung fu.

A popularidade do herói cearense será testada novamente na próxima semana, quando estreia em circuito nacional. Se o que aconteceu em sua terra natal se repetir pelas outras capitais, "O Shaolin do Sertão" tem de tudo para se afastar cada vez mais de "Holliúdy" e bater de frente com as estrelas de Hollywood. (UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário