Social Icons

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Justiça confirma candidatura de Sávio: a decisão será nas urnas

Em Tuparetama, a eleição tem tido um fato exótico, a situação parece não querer enfrentar o ex-prefeito e candidato Sávio Torres nas urnas. Foram quatro anos pregando que Torres não seria candidato, o que se mostrou mentira com a candidatura do mesmo.

Após todas as prestações de contas do ex-prefeito que foram enviadas pelo TCE à Câmara, serem aprovadas e por conta de uma auditoria julgada em 2010 que concluiu pela irregularidade do ordenador de despesas do FUNPRETU, Dr. Antônio Vasconcelos, cabendo a responsabilidade de Sávio apenas pela não instauração de tomada de contas contra o gestor do fundo previdenciário e que o processo encontra-se arquivado no TCE desde 2010 encontrando-se prescrita, ou seja, não cabe mais discussão sobre o assunto.

Ai, sob a Presidência da Comissão de Orçamento e Finanças o Vereador Joel Gomes trouxe para si a responsabilidade do Relatório e Parecer, segundo ele, "Atendendo ao Regimento Interno da Casa. No seu Relatório, que acompanhou o mesmo fundamento do Parecer do TCE - PE, houve um verdadeiro 'caos'. A sessão foi encerrada com votação 5x4 seguindo o julgamento do TCE. Votaram a favor o presidente Tiago Lima, Danilo Augusto, Sávio Pessoa, Joel Gomes (Que fez o parecer), Idalberto Lima. Contra o parecer do TCE, os vereadores: Tanta Sales, Idelbrando Valdevino, Arlan Markeson e Diogenes Patriota. 

Os advogados que representam o ex gestor e candidato Sávio Torres-PTB acionaram a justiça."Não houve ofício do TCE remetendo o processo para a Câmara. O atual Presidente dirigiu-se ao órgão em Recife e retirou o processo para análise. Agindo de má-fé, sob orientação do seu grupo político, decidiu colocar em votação sem nenhum respaldo legal."

E mais uma vez Sávio Torres conquistou uma grande vitória, provando sua transparência, impedindo o golpe e levando a decisão de quem deve ser o novo prefeito da cidade para as urnas. 

Confira texto emitido pela justiça:

Pelos fatos expostos, mais o que dos autos consta e princípios de direitos aplicáveis à espécie, julgo IMPROCEDENTE o pedido de impugnação, para, em consequência, deferir o registro do candidato DOMINGOS SÁVIO DA COSTA TORRES, ao cargo de Prefeito, para concorrer às Eleições Municipais de 2016, no Município de Tuparetama - PE.

Transitada em julgado esta decisão, arquive-se com as cautelas legais.

Providencie o Cartório Eleitoral as providências que lhe competem.

Publique-se, Registre-se e Intimem-se.

São José do Egito, 06 de setembro de 2016.

Ana Marques Véras
Juíza Eleitoral da 68ª ZE

Nenhum comentário:

Postar um comentário