Social Icons

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Conduta de emissoras FM em São José do Egito pode gerar multa, suspensão de programação e até cassação de registro de candidatura de Evandro Valadares

O jurídico da Coligação Unidade das Forças Populares em São José do Egito, que acompanha os candidatos Dr. Romério Guimarães e Nenen Dudu, prefeito e vice, respectivamente, conseguiu na Justiça Eleitoral (68ª Zona) liminar determinando que cessem nas rádios Gazeta FM e Liberdade FM entrevistas com pessoas vinculadas à Coligação Frente Popular e com parentes do candidato Evandro Valadares. No mesmo documento, a juíza Ana Marques Véras determina que os locutores José Cláudio Soares e Felipe Emanoel parem com a realização de comentários e críticas desfavoráveis ao candidato da situação Dr. Romério, bem como exige que os mesmos se abstenham de conceder tratamento privilegiado a qualquer candidato do pleito e realizar proselitismo político/partidário na programação das emissoras.

O jurídico da campanha de Dr. Romério expôs na ação que os locutores e entrevistados passaram a tecer comentários ofensivos, sarcásticos e depreciativos em desfavor da atual administração e gestor com nítido propósito de realizar propaganda eleitoral negativa, com potencialidade para desequilibrar o pleito.

Na decisão da juíza, caso os locutores ou emissoras descumpram a determinação sofrerão multa de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e possível suspensão da programação.

O fato em questão diz respeito a programas veiculados de segunda à sábado na Gazeta FM, por Felipe Emanoel, e aos sábados por Cláudio Soares na Liberdade FM.

Um dos programas, o “Qual é a bronca”, na Gazeta, entrou no ar depois da realização das convenções em São José do Egito, fato que chamou a atenção pelo ineditismo em plena pré-campanha eleitoral.

Outras consequências dessa Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) - que ainda será analisada pela juíza, dizem respeito ao deferimento de pedido de aplicar-se inelegibilidade pelo prazo de 08 anos aos investigados Evandro Perazzo Valadares, José Claudio Soares de Oliveira, Rénio Líbero Leite Lima, Genilson Flávio Bezerra, Iranildo Roberto Sampaio de Sousa, Gilberto Rodrigues do Nascimento, Felipe Emanuel dos Anjos Gonçalves e Hugo Leonardo Valadares Rabelo, bem como a cassação do registro dos candidatos da majoritária da Frente Popular de São José do Egito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário