Social Icons

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

TRT-PE penhora sede do Náutico em razão de dívidas trabalhistas

O Tribunal Regional do Trabalho de Pernambuco (TRT-PE) penhorou a sede do Clube Náutico Capibaribe para o pagamento de dívidas trabalhista dos ex-jogadores alvirrubros Aldrovani Menon e Márcio Tinga. Caso a agremiação não quite ou negocie as dívidas - que juntas somam R$ 693.326,00 - o imóvel da Av. Rosa e Silva será leiloado na próxima segunda-feira no auditório do Fórum Advogado José Barbosa de Araújo, onde ficam as 23 Varas do Trabalho do Recife. 

O complexo do Náutico, que inclui dois edifícios, piscina olímpica, quadra de basquete, espaço para festa e campo de futebol, está avaliado em R$ 100 milhões. O mesmo imóvel esteve sob penhora em outras ocasiões, como no caso do processo do trabalhista do zagueiro Cláudio Luiz, em 2015. Na ocasião, o Timbu conseguiu parcelar o débito em seis vezes. (Diário de Pernambuco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário