Social Icons

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Governador anuncia estruturação do aeroporto de Serra Talhada para receber voos da Azul‏

O governador Paulo Câmara assegurou, nesta quinta-feira (18.08), a estruturação dos aeroportos de Garanhuns, no Agreste, e de Serra Talhada, no Sertão. Os equipamentos estão sendo preparados para receber novos voos da Azul Linhas Aéreas, a partir do Recife. O anúncio da futura ativação das novas conexões foi feito durante o batismo da aeronave da companhia com a inscrição "Pernambuco, Coração do Nordeste", no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freire. Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ainda confirmou o início de uma nova operação que vai ligar Recife a Orlando, no Estados Unidos, a partir de dezembro deste ano.

"Garanhuns e Serra Talhada são uma realidade. Agora, nós temos uma tarefa de garantir a infraestrutura necessária para receber esses voos da Azul", destacou Paulo Câmara. O governador adiantou que serão investidos R$ 5 milhões para a adequação da pista de Serra Talhada às normas exigidas pela Infraero e que o projeto de recuperação do equipamento de Garanhuns está em fase de conclusão. "Estamos investindo para que as pessoas que moram nessas duas cidades tenham mais facilidade de se deslocar", pontuou, lembrando que o início dessa operação depende de uma série de procedimentos que precisarão ser realizados pela empresa privada. 

Com relação aos investimentos feitos pela companhia aérea no Estado, Paulo voltou a salientar a importância das parcerias com diferentes agentes públicos e privados para o crescimento. "Os desafios devem provocar a busca por novas oportunidades. E foi isso que nós fizemos aqui no Estado", assegurou Câmara. O chefe do Executivo estadual destacou a confiança da empresa na estabilidade econômica e administrativa do Estado. "A Azul está centralizando suas operações em Pernambuco, e nós temos que incentivar esse tipo de iniciativa", frisou.

A empresa Azul Linhas Áreas escolheu Pernambuco para se estabelecer. Além do anúncio das conexões com Garanhuns e Serra, a companhia implantou uma central que liga o Recife a 24 destinos dentro no Nordeste. O hub representa uma injeção anual de R$ 503 milhões na economia local. Para o presidente da companhia aérea, Antonoaldo Alves, a transparência do Estado foi fundamental para a consolidação do empreendimento e para os avanços no projeto local. "É gratificante trabalhar com um governo que cumpre o que faz. E nosso otimismo nos faz crescer. A gente acredita na conectividade", ponderou o executivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário