Social Icons

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Soldado faz ensaio sensual, é punida pela Corpo de Bombeiros e pode ser presa

O que era para ter sido apenas um ensaio de fotos ousado acabou prejudicando a bombeira paranaense Lilian Vilas Boas, de 32 anos. Por conta das fotos, a moça pode passar até oito dias presa no 7º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Curitiba, unidade em que a soldado está lotada.

De acordo com o boletim interno do Corpo de Bombeiros, Lilian infringiu artigos do Regulamento de Ética da Polícia Militar (PM), o Regime Disciplinar do Exército (RDE), e o do Código da PM. Para a instituição, as fotos sensuais teriam causado desgaste à imagem da corporação, ferindo a honra dos bombeiros.

Ao G1, Lilian afirmou ainda que prefere não falar muito sobre o acontecido por enquanto, mas acredita que o caso se tornou polêmico por envolver igualdade de gêneros. A bombeira já procurou um advogado e pretende recorrer da decisão.

Em das algumas fotos, a soldado aparece com parte dos seios à mostra.

As fotos fazem parte de um projeto chamado Velvet, que reúne ensaios femininos assinados pelo fotógrafo Arnaldo Belotto, e já não consta no site oficial do projeto. Segundo ele, Lilian topou participar após uma conversa informal, desde que as fotos não fizessem nenhuma menção à corporação. “O objetivo é o empoderamento feminino, mostrar as mulheres sem tratamento de imagem, do jeito que elas são”, disse à imprensa local.

Um comentário:

  1. Querem punir esta menina, que com certeza ganha muito mal, só para mostrar que neste pais tem lei,não tem não, se tivesse os políticos corruptos estariam todos atras das grades, oque o povo esta vendo e os corruptos fazendo acordo de delação devolvendo uma pequena porcentagem DO ROUBO e cumprindo prisão domiciliar,só tem punição para, trabalhador,preto , pobre e favelado,só vou acreditar que neste pais tem lei quando todos corruptos realmente ficarem atras das grades.

    ResponderExcluir