Social Icons

terça-feira, 26 de julho de 2016

Grupo comandado de dentro da cadeia é preso em São José do Egito

Grupo distribuía drogas a usuários finais e a outros traficantes nos municípios onde atuava

Vinte e três pessoas foram presas por envolvimento em tráfico de drogas, roubos e homicídios no Sertão do Estado. As prisões foram resultado da Operação Hades, da Polícia Civil (PC), deflagrada na última quinta-feira (21), que investigou suspeitos em São José do Egito e municípios próximos.

Segundo o delegado Ubiratan Rocha, titular da Delegacia de São José do Egito, o líder do grupo seria Valdeir Brito, de 40 anos, que comandava a quadrilha de dentro da cadeia de Salgueiro, também no Sertão. Ele usava homens e mulheres, na maioria jovens entre 18 e 25 anos, para executar venda e revenda de entorpecentes em São José do Egito e região. A droga vinha do Sertão, por intermédio de Valdeir, e era distribuída entre seus comandados.

Os membros do grupo, de acordo com o delegado, estariam envolvidos, além do tráfico, em assaltos, comércio ilegal de arma de fogo e homicídios, além de um possível sequestro. "Nos chamou atenção que o Valdeir mandava matar com a maior facilidade. Além disso, ele garantia às pessoas que praticavam delitos em seu favor o patrocínio de advogados. Tudo pago com dinheiro do tráfico", cita o delegado Ubiratan.

Com os suspeitos, foram apreendidos drogas, celulares e uma moto, além de dinheiro. Além dos 23 detidos, há dois homens foragidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário