Social Icons

domingo, 24 de julho de 2016

Emoção: Tetraplégica, Lais Souza conduz tocha de pé em SP

A ex-ginasta Lais Souza usou uma cadeira de rodas especial para ficar de pé e conduzir a tocha olímpica neste domingo, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

Ela perdeu os movimentos dos braços e das pernas depois de um acidente de esqui em 2014, na preparação para as Olimpíadas de Inverno. Neste domingo, ela emocionou o público ao conduzir a chama olímpica por cerca de 200 metros dentro do principal parque da cidade.

"Guerreira!" e "força, Laís" foram as frases mais gritadas ao longo do percurso. A cada momento o público aplaudia a ex-ginasta, que teve a ajuda de seu cuidador William Campi e de seu pai Antônio Souza, que segurou a tocha, já que Lais não conseguiria.

"Eu fiquei muito emocionada quando as pessoas gritaram meu nome. Treinamos muito pra que desse tudo certo", disse Lais, de 27 anos, depois do trajeto.

Foi montada uma operação especial pra o momento. A cadeira que ela usou pesa exatamente 182,8 kg e foi a primeira vez que ela usou o equipamento na frente de tanta gente.

Horas antes, ela se alongou bastante para melhorar sua circulação sanguínea e fez um teste pelo percurso.

"Se eu cair vocês me segurem gente", brincou ela. "Estou menos emocionado e mais nervoso", disse o pai, preocupado com algum imprevisto.
Quando a chama chegou, Antonio colocou a mão da filha em volta da tocha e a acendeu com o fogo do condutor anterior. O cuidador apertou o botão de controle e fez a cadeira se mover, enquanto Lais acenava com a cabeca às pessoas que gritavam seu nome e a aplaudiam.

Ao final do percurso, ela entregou a chama ao também cadeirante Fernando Fernandes. Quando ela já não estava mais com a tocha, sua cadeira retornou à posição sentada, e muitas pessoas se aproximaram para tirar selfies.

Lais Souza participou de duas Olimpíadas como ginasta e se preparava para os Jogos de Inverno de Socchi quando sofreu o acidente que a deixou tetraplégica. Agora, ela participará da olimpíada do Rio como convidada do canal SporTV e fará reportagens com o time da ginástica do Brasil. (UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário