Social Icons

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Confira as principais notícias políticas deste começo de semana

É preciso ter o time da descida das escadas: Às vésperas do pleito de 2012, o então governador Eduardo Campos tinha duas preocupações: ganhar no Recife com o “candidato improvisado” Geraldo Júlio, que se destacara na sua equipe como secretário, e eleger 40 prefeitos no interior com os quais pudesse contar no governo ou na oposição. “Não vou me eternizar neste Palácio”, dizia ele. “Por isso preciso eleger um time do PSB que esteja comigo em qualquer circunstância”. Foi a partir desta convicção que ele se empenhou para eleger, dentre outros, Alexandre Arraes (Araripina), Marcones Sá (Salgueiro), José Patriota (Afogados da Ingazeira), Adilson Filho (Moreno), José Vanderley (Brejinho), Arquimedes Machado (Itapetim), Ettore Labanca (São Lourenço), etc. Hoje não se sabe bem qual é o time de confiança do governador Paulo Câmara. Até porque a posterior adesão ao governo de adversários históricos do PSB tornou essa escalação bastante complicada.

PT, o adversário de Patriota: Em Afogados da Ingazeira, o prefeito José Patriota (PSB) terá apenas um candidato no campo da oposição. Trata-se do empresário Emídio Vasconcelos, do setor agrícola, filho do ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Braz Emídio de Vasconcelos. Seu vice, Ramiro Mendes, do PTN, é irmão da ex-prefeita Giza Simões, já falecida. O senador Humberto Costa virá à convenção.

PTB vai à disputa em Arcoverde com uma chapa “puro sangue”: Neste final de semana, o deputado federal e principal líder do partido no município, Zeca Cavalcanti, anunciou que o vice de sua mulher, Nerianny, candidata a prefeito, será o comerciante Erb Lins, conhecido como “Erb do Pague Menos”. Ambos são filiados ao PTB e vão enfrentar a prefeita Madalena Brito (PSB), que decidiu manter o mesmo vice da eleição passada: Wellington Araújo (PSB). A convenção está marcada para o próximo dia 31 na quadra do Colégio Diocesano. A coligação será formada pelo PRB, PT, PSL, PSC, PTdoB, PMN e PTN.

Vereador ligado a Dinca pode ser o vice do Prefeito Sebastião Dias: Depois de perder o apoio do ex-prefeito Josete Amaral e de parte do PSB, o Prefeito Sebastião Dias (PTB) foi a caça de reforços para o seu palanque e se possível até desfalcando os adversários. O vereador Aldo Santana (PROS), aliado histórico do ex-prefeito Dinca Brandino (PMDB) que tem a esposa Nicinha (PMDB) como pré-candidata a Prefeita, está sendo convidado a formar na chapa governista. A semana será decisiva no palanque do poeta nas negociações com Aldo. Pré-candidatos a vice não faltam no grupo governista: o ex-prefeito Rosalvo Sampaio (Mano)(PSC), o advogado Marinho Fortunato (PSD), Mauricio do Sindicato (PT) e o empreiteiro José Amaral (PSDC) que cobra uma promessa do gestor que teria lhe prometido a vaga. Nos bastidores as notícias são de que Zé Amaral e o PT ameaçam romper se não indicarem o vice. (Rádio Vivo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário